Como montar um currículo

Este texto é uma tentativa de orientar os alunos a escrever seus currículos para participarem de projetos, concorrerem a vagas em estágios e empregos. Ele está em (constante) construção. Sugestões são bem vindas. Me envie um e-mail se quiser acrescentar algo neste documento.

Ao montar seu currículo, use um formato simples e comum. Tenha certeza que não terão problema em abrir o arquivo nem que seu currículo ficará com distorções. Arquivos texto ou PDF em geral são adequados.

O conteúdo do currículo e a ordem em que as informações são apresentadas dependerá do perfil da empresa e da vaga que você está concorrendo. Vagas para empresas privadas em geral exigem que você exponha mais sua experiência profissional e técnica. Vagas para pesquisa exigem que você mostre sua competência acadêmica, projetos em que participou, artigos que escreveu, etc.

Por exemplo, para um empregador da iniciativa privada não interessa se você participou 1 ano do projeto PIBID, “Um arcabouço ultra-sônico para concepção de interfaces multi-variáveis indutivas.” Interessa a ele saber o que você fez no projeto, se desenvolveu software, se projetou alguma coisa, se liderou equipes, os resultados que você gerou no projeto, resultados tangíveis.

Para uma empresa, em geral você deve expor qualidades como liderança, pró-atividade, capacidade técnica, de aprender rápido, de lidar com complexidade, de trabalhar em equipe, de gerar resultados, trabalhar sob pressão, entre outras.

Por outro lado, para um pesquisador pode ser mais importante saber que você foi aluno PIBIC por 2 anos do que necessariamente o que você fez no projeto. Ele quer saber quem lhe orientou, se você escreveu artigos, se participou de eventos científicos, entre outros.

Ou seja, em geral uma vaga de pesquisador em um projeto ou num mestrado ou doutorado exige que você saiba ler e escrever bem, que tenha capacidade de síntese e de abstração, de gerar resultados sozinho (no caso de mestrado e doutorado, por exemplo), de ler artigos, escrever artigos, etc.

Se o currículo for para uma empresa, tente resumir para que ele tenha apenas uma página. Ou seja, escolha apenas as suas experiências mais importantes e mais focadas à vaga que você está concorrendo.

Se não conseguir colocar em uma página, coloque o que é mais importante na primeira página.

Vamos ao conteúdo do currículo.

O conteúdo

  • Inclua seu nome, e-mail, telefone e endereço residencial. Não inclua data de nascimento, idade, estado civil, números de documentos de identidade, fotos ou outras imagens (a não ser que a chamada de emprego exija alguma dessas informações, claro).
  • Escreva um parágrafo que resume suas habilidades, baseado em suas experiências. Algo que faça com que o recrutador tome alguma decisão ao ler este parágrafo (melhor que seja a decisão de contratá-lo). :-) Se ele vir que você está fora do perfil da vaga, pode descartar seu currículo imediatamente. Isso pode não ser algo ruim, apenas você não atendeu aos requisitos daquela vaga. Em outras oportunidades pode dar certo.

FIXME TODO: Colocar exemplo de parágrafos introdutórios.

Formação

  • Indique o(s) curso(s) de graduação e pós-graduação, a(s) instituições de ensino superior que você cursa ou cursou. Não liste escolas de segundo grau.

Experiência acadêmica

  • Liste os projetos de pesquisa em que você participou em sua graduação / pós-graduação. Descreva brevemente cada projeto e quais eram suas atividades. Colocar só o título é quase inútil.
  • Liste as disciplinas em que você foi monitor.
  • Informe se você participou de algum programa de intercâmbio durante a graduação, descreva em um parágrafo as suas atividades no intercâmbio
  • Informe os congressos e eventos que você participou como palestrante ou apresentando algum artigo. Descreva brevemente sobre sua participação em cada evento. Não liste (ou dê menos ênfase) os eventos em que participou apenas como ouvinte.
  • Inclua artigos publicados, palestras e outros tipos de participações em eventos
    • Se você tem muitos artigos, liste os mais relevantes, baseado na conferência, sua concorrência, quantidade de referências ao seu trabalho, etc.

Experiência Profissional

  • Liste os projetos ligados a desenvolvimento em que você participou em sua graduação / pós-graduação. Descreva brevemente cada projeto e quais eram suas atividades. Colocar só o título é quase inútil.
  • Liste as empresas em que você trabalhou ou estagiou, sua função em cada empresa e descreva em um parágrafo, suas atividades. Informe os resultados que você gerou.
  • Liste outras atividades profissionais não ligadas diretamente a empresas, que você julgar relevantes.

Experiência técnica

  • Informe se você participou de algum tipo de competição, seja na área de computação ou não, e indique a sua colocação. Ex.: olimpíadas de programação, olimpíadas de matemática, competição de natação, judô, corrida, etc.
  • Informe se você contribuiu com o desenvolvimento de algum projeto relevante.
    • Escreva um parágrafo sobre ele, para que o recrutador capte as suas habilidades técnicas aplicadas no projeto.
    • Se o projeto foi desenvolvido em uma disciplina mas você acha que ele é relevante, cite também.
    • Alguns empregos estão interessados no seu conhecimento técnico em uso de ferramentas, frameworks, IDEs, etc. Se for o caso, liste tudo o que você sabe, as linguagens de programação, ferramentas, frameworks que já desenvolveu, etc.

Informações Adicionais

  • Algumas empresas exigem que você inclua seu histórico escolar e o Coeficiente de Rendimento Acadêmico. Coloque o histórico no final do currículo, como um anexo.
  • Por fim, inclua os nomes e o contato de 2 ou 3 referências. Podem ser professores da faculdade, colegas de trabalho, gerentes ou outras pessoas que possam falar com conhecimento sobre suas habilidades e capacidades.
alunos/curriculo.txt · Última modificação: 2012/06/07 11:50 por rodrigor
www.chimeric.de Valid CSS Driven by DokuWiki do yourself a favour and use a real browser - get firefox!! Recent changes RSS feed Valid XHTML 1.0